Aconteceu

segunda-feira, 17 de setembro de 2018























Ei, posso te falar uma coisa?
Escrever sobre você me acalma e tira todos os pensamentos e hipóteses que crio na minha cabeça, afinal tentar te descifrar é uma tarefa um tanto quanto difícil.

Nunca esteve nos meus planos gostar de você, sentir vontade de te ver, nem nada, mas acontece que passei tanto tempo pensando só em mim que deixei outras pessoas passarem por despercebidos, não deixei que esse tipo de sentimento tomasse conta de mim por um bom tempo, e hoje quando olho pra traz, sei que perdi, não me permiti conhecer pessoas legais, pessoas que eu sabia e sei até hoje que sentiam algo verdadeiro.
No fundo não deixei por medo, por experiências passadas, e esqueci que cada um tem sua história, cada um tem suas peculiaridades e me deixei levar por isso.

Por tudo lá atrás, por me conhecer, sabia que se eu fosse longe demais, no fundo quem ia se magoar era eu, sempre sou eu.
Olhando pra você, tá tudo bem, tá tudo ótimo, você tá bem, eu sei. Mas agora, olhando pra mim, não vejo nada disso. E não que eu esteja mal por ter dado uma chance para a pessoa errada, pelo contrário, mais uma vez estava certa de ter sempre ficado na reta guarda, de ter sempre ficado na minha. Sempre foi assim, não ia ser diferente, mas decidi fazer o que nunca fiz e no fundo tudo aconteceu como sempre aconteceu, tudo que sempre aconteceu, aconteceu aqui também.Agora.

Eu não vou te culpar, de verdade a culpa não é sua.
Cada um tem sua história e você não sabe da minha e você não me deu espaço pra saber a sua e tá tudo bem.

O medo de falar, de estar errada, de te assustar, de sentir é muito mais forte que qualquer coisa, mais forte que a vontade de te falar a real, sobre tudo. Mas acho que você não precisa saber, não agora. Sinto que não está a vontade e nem preparado pra isso.

No fundo, eu sabia, eu me conheço, não posso me deixar levar, não posso ir longe demais, no final eu sempre termino assim, aqui.
Com toda essa bagunça, sinto uma sensação de errar sempre, de fazer as coisas erradas e por isso nunca deu certo. Por isso escrevo, falo, penso, medito, mentalizo... Sempre me ajuda a esquecer tudo isso dentro de mim, um sentimento que talvez não fosse pra ser sentido agora, com você. Mas é um alívio, um desabafo.

Nenhum comentário

Postar um comentário

 

@milhascarol

SnapWidget · Free Widget
Layout Por : Mia Creations | All Rights Reserved.